Bem Vindo!

BASÍLICA DE LOURDES
 
 
 MÊS DA BÍBLIA

 

Dá-me, Senhor, um coração dócil à escuta da Palavra. Arranca do meu peito o coração de pedra e dá-me um coração de carne, a fim de que acolha a tua Palavra e a ponha em prática (cf. Ez 11, 19-20).  Aprenda o silêncio vigilante de Nazaré e, como Maria, que eu conserve e guarde a Palavra dentro  do mais íntimo de meu ser.

Na Palavra de Deus assumida, interiorizada, celebrada e vivida, está a fonte perene e cristalina da caminhada cristã. Enfim, que ela não torne a Deus sem antes ter cumprido em mim a sua vontade e assegurado  o êxito da missão que lhe foi confiada (cf. Is 55, 11).

 

 

 

 

   

 

   

 

   
     

 

 

 

 

 

 

 

 


 
 

 

 


 

Palavra do dia!

Sexta-feira, 30ª Semana do Tempo Comum

31 de Outubro de 2014

Cor Litúrgica: Verde

 

 

1ª leitura: Fl 1,1-11

Salmo: 100 (111)

Evangelho: Lc 14,1-6

1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 2Diante de Jesus, havia um hidrópico. 3Tomando a palavra, Jesus falou aos mestres da Lei e aos fariseus: “A Lei permite curar em dia de sábado, ou não?” 4Mas eles ficaram em silêncio. Então Jesus tomou o homem pela mão, curou-o e despediu-o. 5Depois lhes disse: “Se algum de vós tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado?” 6E eles não foram capazes de responder a isso.

Palavra da Salvação.

Ver mensagens anteriores