Bem Vindo!

BASÍLICA DE LOURDES
 
 
 MÊS DA BÍBLIA

 

Dá-me, Senhor, um coração dócil à escuta da Palavra. Arranca do meu peito o coração de pedra e dá-me um coração de carne, a fim de que acolha a tua Palavra e a ponha em prática (cf. Ez 11, 19-20).  Aprenda o silêncio vigilante de Nazaré e, como Maria, que eu conserve e guarde a Palavra dentro  do mais íntimo de meu ser.

Na Palavra de Deus assumida, interiorizada, celebrada e vivida, está a fonte perene e cristalina da caminhada cristã. Enfim, que ela não torne a Deus sem antes ter cumprido em mim a sua vontade e assegurado  o êxito da missão que lhe foi confiada (cf. Is 55, 11).

 

 

 

 

   

 

   

 

   
     

 

 

 

 

 

 

 

 


 
 

 

 


 

Palavra do dia!

Segunda-feira, 29ª Semana do Tempo Comum

20 de Outubro de 2014

Cor Litúrgica: Verde

 

 

1ª leitura: Ef 2,1-10

Salmo: 99 (100)

Evangelho: Lc 12,13-21

Naquele tempo, 13alguém, do meio da multidão, disse a Jesus: “Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo”. 14Jesus respondeu: “Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?” 15E disse-lhes: “Atenção! Tomai cuidado contra todo tipo de ganância, porque, mesmo que alguém tenha muitas coisas, a vida de um homem não consiste na abundância de bens”. 16E contou-lhes uma parábola: “A terra de um homem rico deu uma grande colheita. 17Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’. 18Então resolveu: ‘Já sei o que vou fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens. 19Então poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tu tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, aproveita!’ 20Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Ainda nesta noite, pedirão de volta a tua vida. E para quem ficará o que tu acumulaste?’ 21Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico diante de Deus”.

Palavra da Salvação.

Ver mensagens anteriores